Acompanhe nossa WebTV - Entrevistas e vídeos oficiais

WebTV Mês da Fotografia

quarta-feira, 19 de setembro de 2012

Mês da Fotografia bate recorde de público em 2012



Público confere exposição no SESC Ceilândia
Com o tema “O Centro-Oeste: o Homem, a Cultura e o Meio”, o Mês da Fotografia 2012 bateu seu recorde de público nesta terceira edição, com mais de 800 mil pessoas circulando pelas exposições e participando dos encontros com autores, oficinas, palestras e workshops.

Workshop com Egberto Nogueira e participação de Izan Petterle
A missão do evento foi sensibilizar e formar novos públicos para as artes visuais e para a fotografia. O resultado do trabalho dos 177 artistas foi exposto simultaneamente nas unidades do Sesc da 504 Sul, 913 Sul, Ceilândia, Gama e Setor Comercial Sul; no Museu Nacional; nas estações do metrô da Rodoviária e na Praça do Relógio; e no Gama Shopping. 

Izan Petterle em auto-retrato na frente da sua exposição outdoor
O evento foi realizado pelo SESC do Distrito Federal e pela Lente Cultural, com o patrocínio da Secretaria de Cultura do DF, pelo Fundo de Apoio à Cultura, e do Museu Nacional Conjunto Cultural da República.

Exposição Palê e Du Zuppani no SESC Gama
Exposição João Bittar no SESC 504 Sul
Monitora fala sobre a exposição Iogues Dissidentes na Ceilândia
Exposição Patagônia La Indomable, um dos sucessos de público do Mês
Números do Mês da Fotografia - Agosto de 2012

  • 137 mil pessoas circularam pelas exposições fotográficas nas Unidades do SESC 504 Sul, Ceilândia e Gama;
  • 7 mil pessoas circularam pela exposição fotográfica no Museu Nacional do Complexo Cultural da República; 
  • 880 mil pessoas circularam pelas exposições fotográficas nas Estações do Metrô Rodoviária e Praça do Relógio;
  • 90 mil pessoas circularam pela exposição no Shopping Gama;
  • 1.200 pessoas, entre fotógrafos, estudantes e comunidade, participaram diretamente das oficinas, encontros com autores e workshops;
  • 100 alunos das Regionais de Ensino da Ceilândia e do Gama participaram diretamente das oficinas lúdicas Pinhole - Projeto Foto Lata e Avá Marandú - Pontão de Cultura Guaicuru-MS;
  • Mais de 12 mil acessos na página do Mês da Fotografia, oriundos de nove países - mesdafotografia.blogspot.com;
  • Alcance de 306 mil pessoas por meio da funpage no Facebook - facebook.com/mesdafotografia;
  • 177 fotógrafos participaram diretamente do Mês da Fotografia, por meio das exposições fotográficas indoor e outdoor, palestras, encontros com autores, oficinas, workshops, saídas fotográficas, aulões e encontro dos fotógrafos do Centro-Oeste;
  • 393 fotografias expostas diretamente nas exposições fotográficas in door e out door;
  • 1.132 metros quadrados de imagens impressas;
  • 104 horas de apresentação e reflexão sobre a produção fotográfica, por meio dos workshops, encontros com autores e palestras; 
  • 11 exposições fotográficas indoor e outdoor;
  • 5 palestras;
  • 9 encontros com autores;
  • 5 workshops;
  • 5 oficinas lúdicas em escolas da rede pública do Gama e da Ceilândia;
  • 2 oficinas lúdicas para comunidade do Gama e Ceilândia;
  • 3 Saídas, Arrastões e Aulões Fotográficos.
As estatísticas de participação e audiência do Mês da Fotografia são registradas por meio de:
  • Pelo registro em livro e contador diário de acesso às unidades do SESC DF;
  • Do número de pessoas que visitam o Shopping Gama pelo acesso da Praça da Alegria, local onde está posicionada a exposição fotográfica;
  • Do número de usuários das Estações do Metrô Rodoviária e Praça do Relógio, estações que recebem as exposições fotográficas;
  • Pelo registro em livro e contador diário na entrada da Galeria do Térreo do Museu Nacional do Complexo Cultural da República;
  • Pela fichas de inscrições dos workshops e listas de presenças dos participantes nas palestras e encontros com autores;
  • Pelas inscrições de alunos nas escolas das Regionais de Ensino do Gama e de Ceilândia;
  • Pelo formulário de visão geral de acesso da funpage no Facebook;
  • Pelo gráfico de estatística de acesso do Blogger.

quarta-feira, 29 de agosto de 2012

A valorização da fotografia no Centro-Oeste é o destaque no Mês

Público confere exposição coletiva no Museu Nacional

Um dos eventos mais esperados do Mês da Fotografia 2012, o lançamento da exposição coletiva de mais de 100 artistas do Distrito Federal, Goiás, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul foi sucesso de público no Museu Nacional. O tema escolhido  O Centro-Oeste: o Homem, a Cultura e o Meio – foi feito com a intenção de aproximar e articular os fotógrafos da região, os protagonistas desta edição. Mais de 300 pessoas compareceram ao evento, uma prova da importância do coletivo como forma de fortalecimento da produção contemporânea dos fotógrafos do Centro-Oeste.  
Outro evento inédito que fez parte desta edição do Mês foi o primeiro Encontro dos Fotógrafos do Centro-Oeste. Nos dias 2 e 3 de agosto, também no Museu Nacional, foram discutidos assuntos ligados às políticas públicas e à realidade da fotografia em cada estado. Com a participação de Iatã Canabrava, da Rede dos Produtores Culturais da Fotografia no Brasil (RPCFB); Ourivaldo Barbosa, da Confederação Brasileira de Fotografia (Confoto); Fernando Bizerra, do Sindicato dos Fotógrafos de Brasília (Sinfoc-DF); e Henilton Menezes, Secretário de Fomento e Incentivo à Cultura do Ministério da Cultura (MINC), se discutiu as questões relacionadas ao pensar e ao fazer fotográfico na região Centro-Oeste.

O encontro manifestou-se como uma oportunidade de reflexão sobre as formas de organização da fotografia enquanto segmento cultural e suas relações com os outros segmentos das artes.

No final da reunião, os representantes dos estados de Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Góias e Distrito Federal reuniram e deliberaram, a partir dos painéis relatados, as seguintes proposições:
  • Criar circuito anual de "Encontro dos Fotógrafos do Centro-Oeste", juntamente com uma Exposição Coletiva; 
  • Desenvolver estratégia de trabalho com as Secretarias de Cultura Estaduais e Municipais e o Ministério da Cultura, de forma a pleitear linhas de editais específicos para a fotografia, que respeitem a personalidade e a especificidade da fotografia;
  • Promover a articulação, mobilização, comunicação e aproximação entre os Fotógrafos da Região, utilizando como instrumento a criação de "fanpage" no Facebook da Rede Centro-Oeste de Fotografia, com o objetivo de ampliar as discussões em torno da fotografia na Região. 


terça-feira, 28 de agosto de 2012

Eventos mostram sucesso do Mês da Fotografia



Público confere atento a uma das palestras no SESC 504 Sul
O Mês da Fotografia 2012 teve como um dos termômetros da grande participação do público os encontros com autores, palestras e workshops, realizados nas unidades do SESC no Distrito Federal. Foram 780 inscritos pela página oficial do Mês para participar dos workshops e oficinas, sendo que o interesse pelos cursos fez com que muitas vagas acabassem rapidamente.

Egberto Nogueira em workshop sobre vídeo documentário
Os encontros com autores foram momentos especiais de interação e participação da comunidade com os fotógrafos, que apresentaram seus trabalhos e suas trajetórias e as dividiram com os participantes. 

Maurício Zanin ensina técnicas de fotografia de estúdio
João Wainer conta sobre a experiências na TV Folha
Nas palestras, os temas abordados foram desde a produção do discurso fotográfico até as novas tendências de mercado e a criação de vídeos. Em todos, o público pode fazer perguntas e comentários, tornando assim os encontros mais informais e rico em troca de informações. 

Workshop de Fotografia de Corpo realizada no SESC Ceilândia

segunda-feira, 27 de agosto de 2012

Oficinas lúdicas fazem sucesso entre as crianças


Redação sobre fotografia feita por aluno durante oficina no Gama
Uma parte significativa do Mês da Fotografia é feita com um público bastante exigente: as crianças. Elas fazem parte da missão do evento, que é sensibilizar e formar novos públicos para as artes visuais e para a fotografia. Para que isso acontecesse, oficinas foram realizadas em escolas públicas do Distrito Federal.

A oficina fotográfica do Projeto Avá Marandu, com Vânia Jucá, proporcionou aos alunos um contato com a fotografia através de práticas lúdicas, despertando a capacidade de observação e o olhar fotográfico. 

Alunos manuseiam câmeras em oficina com Vânia Jucá
As crianças aprendem os primeiros passos na fotografia

Aluna faz redação sobre fotografia

Através de brincadeiras e dinâmicas, as crianças entraram em contato com a fotografia, sua técnica e linguagem, explorando o contexto da escola e o universo particular de cada uma: sua casa, seu bairro, sua família, seus amigos.

A oficina de Pinhole – Projeto Foto lata, com José Rosa, fez com que os participantes descobrissem que é possível, sem lentes nem recursos tecnológicos sofisticados, fazer fotos tão bonitas quanto as realizadas pelas máquinas convencionais. Durante o aprendizado foram trabalhados conceitos de reflexão, física e química, estimulando a criatividade e o interesse de jovens e adolescentes. Há mais de 10 anos José Rosa realiza o projeto Foto lata para crianças e adolescentes, na Galeria Imaginar Fotos.

Crianças se divertem com as câmeras durante oficina

sexta-feira, 24 de agosto de 2012

Fotógrafos comemoram Dia Mundial da Fotografia com flash mob


Ricardo Stuckert fotografando em frente ao Museu Nacional.


Para comemorar o Dia Mundial da Fotografia fotógrafos e amantes da fotografia em Brasília fizeram um flash mob – aglomeração instantânea de pessoas em um lugar previamente combinado para realizar uma ação também combinada – em frente ao Museu Nacional, na Esplanada dos Ministérios. O evento, denominado “#FotografaçoBSB”, teve início nas redes sociais e se transformou num encontro de gerações, todos unidos pela paixão de fotografar.

Monique Renne, do Correio Braziliense, cobrindo o FotografaçoBSB.

Dezenas de pessoas se reuniram na tarde do domingo (19) munidas com os mais diversos tipos de máquinas fotográficas, desde as profissionais até as mais básicas integradas a celulares. Toda a ação foi registrada pelas câmeras e transmitida em tempo real para as redes sociais.

Amantes da fotografia reunidos em celebração ao Dia Mundial da Fotografia.

O evento contou a participação de nomes de expressão na fotografia de Brasília, como Roberto Stuckert, fotógrafo oficial do ex-presidente João Figueiredo, seu filho Ricardo Stuckert, fotográfico oficial do ex-presidente Lula. 

Ricardo, Bizerrinha e Stuckão, presentes no FotografaçoBSB.




quinta-feira, 23 de agosto de 2012

Encontros com o autor - Plínio Ricardo e o projeto Entretanto



Divulgação/ Entretanto

Projeto Entretanto é um clube de relacionamento que usa a fotografia como forma de aproximação pessoal. Criado pelo fotógrafo Plínio Ricardo, o projeto reúne fotógrafos, músicos, artistas e outros tipos de malucos para conversas sobre temas variados. Um espaço democrático de troca de conhecimento e diversão. O grupo se reúne todos os meses. A 14ª edição acontecerá durante o Mês da Fotografia 2012, nesta quinta-feira (23), a partir das 20 horas nos SESC 504 Sul. 

Divulgação/ Entretanto
Plínio é publicitário pelo UniCeub e fotógrafo profissional. Fotografa desde os 16 anos. Atua na área de eventos e de Fine Art. Fundador do grupo Entretanto que reúne fotógrafos de Brasília. Ministra cursos de fotografia voltados ao desenvolvimento do olhar fotográfico e da sensibilidade artística.

Serviço
Encontros com o autor - Plínio Ricardo e Bruno Stuckert (DF) - “Projeto Entretanto”
Mediador: Anelise Molina
23/08 – SESC 504 Sul  – 20 horas 

quarta-feira, 22 de agosto de 2012

João Telles fala sobre fotografia de moda em Brasília


Quem gosta de moda e fotografia não pode perder a palestra do fotógrafo João P. Teles no Mês da Fotografia, nesta quarta-feira no SESC 504 Sul, a partir das 20 horas. 

Foto João P. Teles

João P. Teles descobriu sua paixão pela fotografia de moda no meio de sua graduação. É formado em Publicidade e atua na fotografia de moda desde 2008, realizando trabalhos para diversas marcas em Brasília tais como Summershop, Avanzzo e Magrella.

Foto João P. Teles

Sua palestra será um bate-papo sobre o mercado de fotografia de moda no DF, abordando sua trajetória, inspirações, cases de seus trabalhos e projetos, as dificuldades e facilidades do mercado brasiliense.


Serviço:
Palestra “O mercado da Fotografia de Moda em Brasília” - João P. Telles (DF)
23/08 – SESC 504 sul

terça-feira, 21 de agosto de 2012

Encontro com o Autor – Fotógrafos universitários (DF)

Divulgação/ Grupo Captura

Nesta terça-feira (21), a partir das 20 horas no SESC Ceilândia, o Mês da Fotografia promove mais um Encontro com o Autor, desta vez com fotógrafos universitários. 

Mediado pelos professores Lourenço Cardoso, do IESB, e Bernadete Brasiliense, da Universidade Católica de Brasília, os alunos das duas universidades apresentarão seus trabalhos fotográficos, oferecendo ao público um pouco do conteúdo e da prática universitária no campo da produção fotográfica.

Um dos a se apresentar é o Grupo Captura (UCB), resultado de um programa de estudos e prática fotográfica, que contribui para o aprimoramento técnico e teórico dos alunos do Curso de Comunicação Social. As fotos produzidas pelos estudantes são utilizadas na composição de matérias jornalísticas da própria UCB e outros veículos de comunicação, como jornais, revistas e portais de notícias.

Serviço:
Fotógrafos universitários (DF) - Grupo Captura - UCB e Alunos do IESB
Data/Hora: 21/08 às 20hs
Local: SESC Ceilândia
Mediadores: Lourenço Cardoso e Bernadete Brasiliense

segunda-feira, 20 de agosto de 2012

Programação da Semana

O grupo Entretanto se reúne dia 23 no Mês da Fotografia 2012


Terça-feira (21)

20hs – Encontro com o Autor – Fotógrafos universitários (DF). Grupo Captura (UCB) e Grupo de Alunos do IESB. Local: SESC Ceilândia.

Mediado pelos professores Lourenço Cardoso, do IESB, e Bernadete Brasiliense, da Universidade Católica de Brasília, os alunos das duas universidades apresentarão seus trabalhos fotográficos, oferecendo ao público um pouco do conteúdo e da prática universitária no campo da produção fotográfica.

Quarta-feira (22)
20hs – Palestra João P. Telles – “O mercado da Fotografia de Moda em Brasília”. Local: SESC 504 Sul.
João é formado em Publicidade e atua na fotografia de moda desde 2008, realizando trabalhos para diversas marcas em Brasília tais como Summershop, Avanzzo e Magrella.Sua palestra será um bate-papo sobre o mercado de fotografia de moda no DF, abordando sua trajetória, inspirações, cases de seus trabalhos e projetos, as dificuldades e facilidades do mercado brasiliense.

Quinta-feira (23)

20hs – Encontros com o autor – Plínio Ricardo e Bruno Stuckert (DF). Local: SESC 504 Sul.


Projeto Entretanto é um clube de relacionamento que usa a fotografia como forma de aproximação pessoal. Criado pelo fotógrafo Plínio Ricardo, o projeto reúne fotógrafos, músicos, artistas e outros tipos de malucos para conversas sobre temas variados. Um espaço democrático de troca de conhecimento e diversão. O grupo se reúne todos os meses e a 14ª edição acontecerá durante o Mês da Fotografia 2012.

sexta-feira, 17 de agosto de 2012

Encontro com fotógrafo da National Geographic

Foto Izan Petterle - Caubóis do Pantanal
Izan Petterle é fotógrafo desde 1975 e possui trabalhos apreciados mundialmente. Trabalha desde 2000 na National Geographic Brazil e faz belíssimas fotografias documentais e artísticas. Ele é um dos convidados para o Encontro com o autor, nesta sexta-feira, no SESC Ceilândia, a partir das 20 horas, para contar sobre seu trabalho e sobre a exposição outdoor “Caubóis do Pantanal”, que pode ser vista nas unidades do SESC em Brasília.

No currículo de Izan estão quatro Prêmios Abril de Jornalismo e dois prêmios Best Edit, honraria concedida pelos editores norte-americanos da National Geographic para o melhor ensaio fotográfico produzido entre todas as edições internacionais.

“Caubóis do Pantanal” faz parte de um projeto pessoal do fotógrafo, que passou cinco anos documentando cavaleiros e amazonas do Brasil. As imagens que estão em Brasília foram feitas na cidade de Poconé, região pantaneira do Mato Grosso. “Eu tinha como objetivo documentar um modo de vida que está em extinção. É uma geração que são os últimos da espécie”, explica. O tipo escolhido por Izan para fotografar não veio por acaso: ele trabalhou boa parte da sua vida como produtor rural e criava cavalos.  

Foto Izan Petterle

O editor Ronaldo Ribeiro, da revista National Geographic Brasil, apresenta o trabalho de Izan da seguinte maneira: “Os anos de andanças fizeram dele um documentarista sensível e objetivo. Os personagens que documenta exaltam suas raízes, fé, sentimentos. Eles ostentam a expressão e a vitalidade dos trópicos. Sua linguagem, acredito, é a que mais tem se aproximado no Brasil do conceito de documentação visual praticado pela centenária National Geographic. Já produzimos na revista várias reportagens, e outras, espero, ainda estão por vir. As possibilidades de seu trabalho se redimensionam e se renovam à mesma medida que as fronteiras do Brasil – suas paisagens, suas manifestações culturais – parecem também se expandir num processo sem fim”.

Foto Izan Petterle
Serviço

Izan Petterle (MT) 
Data/Hora: 17/08 às 20hs
Local: SESC Ceilândia
Mediador: Eraldo Peres

Fim de semana com workshop de vídeos documentários



Egberto Nogueira em foto de Sérgio Almeida
Há mais de 100 anos fotografia e vídeo andam juntos e não importa quem chegou primeiro. O fato é que as novas tecnologias colocaram as duas expressões num só aparato. Melhor, estão instigando fotógrafos a se tornarem novos produtores de vídeos.

Como incluir em seu repertório a imagem em movimento, como aplicar os recursos acoplados à tecnologia digital, como operar os novos equipamentos híbridos que filmam, captam áudio e fotografam e, principalmente, como pensar isso tudo são algumas das questões que serão tratadas no workshop ministrado pelo fotojornalista Egberto Nogueira, fundador da Ímã Foto Galeria (SP), neste fim de semana, junto com Alexandre Monteiro. Este irá tratar de questões mais técnicas, desde o tratamento de imagens para vídeo, edição e montagem, e finalização do vídeo para publicação.

As aulas serão realizadas no SESC 504 Sul, neste sábado e domingo (18 e 19), sempre a partir das 10 horas. 

WS: Fotos, Produção e edição para vídeos documentários 
Instrutores: Egberto Nogueira e Alexandre Monteiro (SP)
Data: 18 e 19/08 - 10h
Local: SESC 504 Sul
Indicação livre.

quinta-feira, 16 de agosto de 2012

Roberto Castello conta as origens históricas do Centro-Oeste

Nesta quinta-feira (16) o Mês da Fotografia será palco de um encontro do Centro-Oeste com suas origens. Será durante a palestra com o pesquisador e jornalista Roberto Castello, dono de um acervo com mais de 1.000 fotos sobre as expedições e missões que permitiram, por exemplo, a criação de Brasília.

Presidente Getúlio Vargas visita a Fundação Brasil Central em 1945. 

Quando o jornalista chegou em Brasília, na década de 60, não existia nenhum tipo memória da cidade ou até mesmo das origens de outras cidades do centro-oeste. “O Centro-Oeste sempre foi uma incógnita para mim. O Brasil até a década de 40 ficava de costas para o interior”, conta.

A sua história começou quando, durante uma limpeza da garagem do Ministério do Interior, funcionários lhe deram uma caixa com fotos de uma expedição. Castello descobriu depois estas foram as únicas salvas, pois todas as outras fotos de expedições e missões haviam sido jogadas no lixo. “Sobrou uma caixa, com fotos amarradas no barbante, que eles estavam jogando fora e resolveram me dar, pois sabiam que eu gostava dessas coisas”, revela.

Com a descoberta das imagens de uma expedição chamada Roncador-Xingu, que tinha como objetivo ligar o Norte e o Sul do país, o jornalista decidiu correr atrás das pessoas e das histórias. “A partir destas informações comecei a andar, encontrei mais fotos com as pessoas, prefeituras”, diz.   

Inauguração de Brasília em 1960.

São essas e outras histórias e revelações que o público terá a oportunidade de conhecer no SESC Ceilândia, a partir das 20 horas. A exposição com 90 fotos resgatadas pelo historiador e que contam sobre as origens da região também poderão ser vistas no local. “Todos os caminhos tiveram que ser feitos para construir Brasília”, lembra Roberto, que dedicou 15 anos de sua vida para construir a memória do Centro-Oeste.

Foto da exposição Terra Vermelha


Encontro com autor com o fotógrafo Roberto Castello
Data: 16/08/2012
Horário: 20h
Local: SESC Ceilândia
Mediador: Profº Wagner Rizzo - doutor em história cultural pela Universidade de Brasília

quarta-feira, 15 de agosto de 2012

Fotógrafos apresentam produção goiana

A pergunta feita na semana passada foi "O que estão fazendo os fotojornalistas de Brasília?". Pergunta que foi respondida durante o encontro com os fotojornalistas da cidade, em uma densa noite de projeções no SESC 504 Sul.

Nesta quarta-feira, dia 15/8, às 20 horas, o SESC 504 Sul volta a ser o palco da fotografia, com a participação dos fotojornalistas de Goiás que apresentam o que estão produzindo e realizando na fotografia goiana.

Foto de Cristiano Borges do jornal O Popular.
O fotógrafo Weimer Carvalho, editor de fotografia do jornal O Popular apresenta o histórico do fotojornalismo goiano, além da produção recente dos fotógrafos de imprensa como a foto de Cristiano Borges, autor da foto acima, finalista do prêmio Wladimir Herzog em 2007.

Kim-Ir-Sen é outro fotógrafo goiano que não pode faltar nesse encontro. Nascido em Anápolis, viveu 15 anos em Brasília e 10 anos em São paulo. Com trabalho realizados em várias agências de fotografia e veículos de imprensa, Kim apresenta seu trabalho voltado atualmente para o seu banco de imagens e para a produção cinematográfica.

Foto de Kim-Ir-Sen, Mãe Cinta Larga com Filho.

O fotógrafo Rafael Castanheira fala sobre o seu trabalho no campo da fotografia documental. Castanheira, que divide seus dias entre Goiânia e Brasília atuando também como professor universitário, apresenta vídeo sobre sua recente exposição "Pirarucu Z- 32", documentário que  registra mais de cinco anos acompanhando os processos culturais e de conservação ambiental envolvidos no manejo da pesca do Pirarucu. 

Completa a noite o renomado fotógrafo Orlando Brito, que mediará o encontro articulando o debate e a relação entre os fotojornalistas e o público.

Foto de Rafael Castanheira do documentário Pirarucu Z- 32.

Serviço:
Fotojornalistas de Goiás (GO)
Data/Hora: 15/08 às 20hs
Local: SESC 504 Sul
Mediador: Orlando Brito

terça-feira, 14 de agosto de 2012

Encontro de fotojornalistas de Goiás

Orlando Brito

Mediados pelo fotógrafo brasiliense Orlando Brito, os fotojornalistas de Goiânia apresentam ao público nesta quarta-feira(15), às 20 horas, a realidade das redações dos principais jornais do estado de Goiás, a produção de grandes reportagens e a força da fotografia nos jornais impressos. Foram convidados fotógrafos dos jornais O Popular, Diário da Manhã e Anhanguera, e fotógrafos das agências de notícias.

Serviço
Fotojornalistas de Goiás (GO)
Data/Hora: 15/08 às 20hs
Local: SESC 504 Sul
Mediador: Orlando Brito

Cancelamento de palestra

O Mês da Fotografia 2012 informa que, por motivos pessoais, o fotógrafo Olivier Boels não poderá comparecer à sua palestra nesta terça-feira (14), no SESC Ceilândia. Agradecemos a compreensão e convidamos a todos para participarem das outras palestras e eventos que ocorrerão durante esta semana. 

segunda-feira, 13 de agosto de 2012

Programação da Semana

Foto Izan Petterle- Exposição Caubóis do Pantanal


Mais uma semana com vários eventos no Mês da Fotografia 2012. Selecione os seus favoritos e aproveite. As exposições seguem até o fim de agosto para visitação nas unidades do SESC, Museu Nacional, Gama Shopping e estações do metrô Rodoviária e Praça do Relógio.

Terça-feira (14)

9hs – Aulão de Fotografia com a Escola Brasiliense de Fotografia. Local: Museu Nacional.

Quarta-feira (15)

20hs – Encontro com Autor – Fotojornalistas de Goiás. Local: SESC 504 Sul.
Mediados pelo fotógrafo brasiliense Orlando Brito, os fotojornalistas de Goiânia apresentam ao público a realidade das redações dos principais jornais do Estado de Goiás, a produção de grandes reportagens e a força da fotografia nos jornais impressos. Foram convidados fotógrafos dos jornais O Popular, Diário da Manhã e Anhanguera, e fotógrafos de Agências de notícias.

Quinta-feira (16)

20hs – Encontro com Autor – Roberto Castello (BSB). Local: SESC Ceilândia.

Roberto Castello, como ele mesmo se denomina, é fotógrafo, produtor cultural e viajante inveterado, defensor do patrimônio estético, artístico, documental, científico, social, espiritual, e ecológico do Brasil. É detentor de uma coleção fotográfica de valor inestimável que ganhou o nome de “A Conquista do Oeste” em referência ao momento histórico quando os brasileiros começam a explorar a região centro-oeste.

Sexta-feira (17)

20hs – Encontro com Autor – Izan Petterle. Tema: Caubóis do Pantanal. Local: SESC Ceilândia

Izan Petterle entrou para o staff da revista National Geographic Brasil em 2000, ano de lançamento da revista no país. Fotógrafo desde 1975, já recebeu quatro vezes o Prêmio Abril de Jornalismo e dois prêmios Best Edit, concedido pela National Geographic dos Estados Unidos para o melhor ensaio fotográfico produzido para as edições internacionais.

Sábado e Domingo (18 e 19)

10hs – Egberto Nogueira e Alexandre Monteiro (SP). Tema: Fotos, Produção e Edição para Vídeos Documentários – Módulos I e II. Local: SESC 504 Sul.

sexta-feira, 10 de agosto de 2012

O que estão fazendo os fotojornalistas de Brasília ?

Vá ao SESC 504 Sul, às 20 hs, e conheça os trabalhos que os fotógrafos de imprensa estão realizando na capital.

Com mediação do fotógrafo jornalista Andre Dusek, o encontro vai apresentar trabalhos das equipes do Jornal de Brasília, Correio Braziliense, das sucursais de O Globo, Folha e Estadão e de agências de notícias.

Os fotógrafos apresentarão trabalhos em fotografia e documentários em vídeo, ampliando a discussão sobre o fotojornalismo e as novas tecnologias, que oferecem recursos cada vez mais desafiadores.

Com olhar crítico, os fotógrafos apresentam o cotidiano pelas lentes da beleza, da irreverência, do inusitado e do humor, elementos próprios da linguagem fotográfica.

Foto de Monique Renne sobre a CPI do cachoeira, durante 
depoimento  de  Andressa Mendonça, mulher de Cachoeira. (CB)
Foto de Josemar Gonçalves sobre a pescaria no Lago Paranoá. (JBr).


Serviço
Fotojornalistas de Brasília (DF)

Data: 10/08 às 20hs
Local: SESC 504 Sul
Organizador e Mediador: André Dusek

André Dusek media encontro de fotojornalistas de Brasília

O fotógrafo André Dusek em uma de suas palestras

Ética, estética, originalidade, informação relevante e, de preferência, exclusiva, são os atributos de uma boa imagem jornalística. Cultura, noções de arte, intuição, persistência, um pouco de sorte e muito, muito suor são os pré-requisitos básicos para alcançar tal resultado.

Mediados pelo fotógrafo André Dusek, os fotojornalistas de Brasília compartilham com o público nesta sexta-feira (10), às 20 horas, no SESC 504 Sul, histórias fotográficas que se destacaram no jornalismo da Capital. Foram convidados para participar do encontro fotógrafos dos jornais Correio Braziliense, Jornal de Brasília, Jornal da Comunidade, Destak, Metro e Aqui DF;  e também das sucursais dos jornais O Globo, Estado de S. Paulo e Folha de S. Paulo, além das agências de notícias.


Serviço
Fotojornalistas de Brasília (DF)

Data: 10/08 às 20hs
Local: SESC 504 Sul
Organizador e Mediador: André Dusek